prisionais01636392699293757515
Área territorial alargada do tribunal de execução de penas de Lisboa

Estabelecimento Prisional Regional de Ponta Delgada

Conheça os contactos e a localização da prisão de Ponta Delgada.

Pode contactar o Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada

por telefone

  • (+351) 296 630 560

por fax

  • (+351) 296 384 954

por email, através do formulário


Horário de visitas

Dia Horário Concelho do recluso
Terças-feiras das 15h00 às 16h00 Ponta Delgada
Quintas-feiras das 15h00 às 16h00 Outros concelhos, exceto Ponta Delgada
Domingos das 10h00 às 11h00 Ponta Delgada
das 15h00 às 16h00 Outros concelhos, exceto Ponta Delgada

Localização

Morada

  • Rua da Boa Nova, n.º 4
    9500-296 Ponta Delgada
    Ilha de São Miguel, Açores

 


Características

Instalado no edifício da antiga "Penitenciária", cuja data de construção se situa em finais do século XIX, o Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada foi criado em 1975.

O Estabelecimento é constituído por dois corpos ligados entre si por um corpo central. Neste corpo central, e distribuídos por três pisos, situa-se a portaria, a zona administrativa, a chefia de guardas, a zona escolar, a oficina de teletrabalho / sala de informática e a capela.

Num corpo do edifício existem três pisos com camaratas para alojamento dos reclusos do sexo masculino, o bar, a barbearia e uma cela disciplinar.

No outro corpo, e no terceiro piso, fica instalada a Zona Prisional Feminina. No segundo piso, fica localizada a zona oficinal e no primeiro piso, o refeitório e a cozinha.

Para a prática da atividade desportiva, o Estabelecimento dispõe de um campo de jogos protegido por rede, com áreas adequadas à prática de andebol, de futebol de cinco, de basquetebol e de voleibol.

A alimentação é fornecida por uma empresa privada.

A População Prisional é essencialmente constituída por reclusos preventivos à ordem dos Tribunais das Comarcas de Nordeste, Ponta Delgada, Povoação, Ribeira Grande, Vila Franca do Campo e Vila do Porto, por reclusos condenados residentes nas Ilhas de São Miguel e de Santa Maria e ainda por reclusos originários de famílias emigradas dos Açores e que foram alvo de medida de repatriamento dos países em que residiam.


Classificação

  • Classificação de segurança: alta
  • Classificação de grau de complexidade: elevado.
  • Informação atualizada a 07 novembro 2018 10:40