Materiais de apoio

Manual SEO

Este manual apresenta um conjunto de recomendações técnicas a nível de conteúdo, para apoio à criação de conteúdos no Justiça.gov.pt e de outros portais ou serviços associados à plataforma.

Procedimentos de conteúdo

Para a otimização de conteúdo teremos de perceber quais as palavras que são procuradas pelo utilizador para encontrar o serviço ou informação que pretende. 

Em função dessas palavras chave são definidos os conteúdos a adaptar e a criar para satisfazer a necessidades dos utilizadores. Seguindo estas recomendações os utilizadores encontram mais facilmente a informação que procuram.

 

Keywords Research

A primeira fase da criação de conteúdos ou na melhoria de conteúdos é a procura de palavras-chave que servem, por um lado para percebermos como é que os utilizadores procuram a informação, e por outra, para responder a essa procura.

Para colocar a nossa página nos primeiros resultados de pesquisa com páginas de conteúdo relacionadas com a motivação do utilizador terá de se fazer esta análise prévia.

A análise de palavras chave está centrada no motor de busca google já que é o principal em Portugal com uma quota de mercado de aproximadamente 96,8%. Naturalmente que as ações que sejam feitas afetarão os restantes motores de busca.

 

Estatistica-motores-de-busca-em-Portugal

 

O processo de análise de busca de palavras chave relevante inicia-se com a definição de uma ou mais palavras chaves e o url da página que estamos a analisar. Em seguida utiliza-se o google keyword planner, esta ferramenta faz parte do Google Adwords e só pode ser utilizada mediante registo na plataforma. 

Para a utilizar basta fazer um registo, escolher a opção “criar campanhas avançadas”, selecionar-se “Ferramentas” e “Planeador de Palavras-Chave”.

Depois basta selecionar-se “Encontrar novas palavras-chave através de uma expressão, um Website ou categoria” e preencher-se de acordo com as necessidades.

O resultado será uma série de palavras chave relacionadas com a página e com o termos de pesquisa, estes poderão ser ordenados pela média de pesquisas mensais resultando nas palavras mais procuradas para o tema em questão.

Nota: É importante ter definido na segmentação a localização Portugal.

Como esta ferramenta não é exacta é recomendado cruzar os resultados com outras ferramentas como o Google Trends ou Keyword.io.

 

Headings

As Heading Tags (H1, H2, H3, ...) são recursos de programação HTML utilizados para destacar títulos e sub-títulos de uma página. H1 é a abreviação do inglês para Header 1, ou Cabeçalho 1. O H1 é geralmente o elemento de texto mais visível da página e que o motor de busca utiliza para determinar o principal assunto abordado em uma página e deve ter a principal palavra chave da página.

Os destaque de página deverão estar associados a estes Heading

Recomendamos ainda utilizar apenas um H1 por página, focado na palavra-chave principal. As demais Heading Tags, como H2 e H3, são geralmente utilizadas como sub-títulos de uma página. Em SEO, são um excelente recurso para incluir palavras-chave complementares, ou seja, variações e complementos da palavras-chave principal que não terão uma página exclusiva para ela.

 

Os links internos servem para ajudar os visitantes de um site a ter uma boa experiência de navegação, encontrando as páginas do website com a informação que necessitam. Mas também tem ainda a vantagem de no caso de serem bem utilizados, colherem benefícios em termos de SEO.

Ao criar uma hiperligação, ou ligação interna deveremos ter sempre em conta o anchor text.

 

Anchor text

O anchor text é o texto no qual está o link, ex: “texto do link” e o link “www.link.com”.

O texto do link não deverá ser o link, deverá ser a descrição do que vamos encontrar quando clicamos. Não deverá ser “clique aqui”, nem “saiba mais”, por exemplo, num destaque de uma notícia deve ser o título da notícia.

Um bom trabalho com os “anchor text” ajuda não só a navegação, mas também o SEO da página de destino.

 

Imagens 

As imagens são elementos fundamentais para dar contexto a um conteúdo, no entanto é necessário ter alguma atenção na sua utilização evitando alguns erros.

A imagens não são lidas pelos motores de busca nem por utilizadores invisuais, podem ficar muito pesadas e dificultar as aberturas de página, e até podem estar em formatos desadequados.

Quando se colocam imagem deve ter-se os seguintes cuidados:

 

Formato

O formato de imagem deve ser jpeg para imagem e gif para pequenas animações. Poderá também ser utilizado o png porque pode ser em imagem ou animação e por ter a possibilidade de incorporação de texto informativo.

 

Alt Img

O Alt img, ou Alternative Image, é o texto que aparece quando a imagem não é carregada, é o texto que é lido pelos leitores de ecrã usados por invisuais e é o texto que é lido pelos motores de busca. Este é fundamental e preenchimento obrigatório em todas as imagens que sejam colocadas no justiça.gov.pt.

 

Title Tag

É o título da imagem, é menos relevante que o alt img e serve de apoio de conteúdo à imagem. Não é obrigatório.

 

Nome da imagem

Todas as imagens correspondem a um ficheiro, por exemplo: imagem.jpg. Além de ser importante que existe uma taxonomia de imagens, para que existe de uma coerência nas nomenclaturas, é também importante que o nome represente de alguma forma o conteúdo da imagem. Por exemplo uma imagem do Tribunal de Braga com e sem descrição no nome:

http://www.tribunais.org.pt/images2/braga/slide/IMG_2216-4.jpp 

http://www.pressminho.pt/wp-content/uploads/2016/01/1-Tribunal-Judicial-de-Braga.jpg

Claramente a imagem que aparecerá como referência, isto é, em primeiro lugar numa busca por imagens do Tribunal de Braga, não é a página do tribunal, mas outra. No entanto deveria ser a página do organismo.

 

Optimização do tamanho

As imagens não otimizadas são a principal razão pelo excesso de peso de um website, o que dificulta a abertura de uma página e a sua navegação. 

As imagens carregadas no justiça.gov.pt deverão estar ao tamanho que for definido no template e deverão estar otimizadas.

Para se colocar a imagem no tamanho que se pretende pode ser utilizada qualquer ferramenta de edição de imagem.

Para otimizadar pode ser utilizadas as seguintes ferramentas:

TinyPNG para optimização em PNG

Compress JPEG para optimização em JPEG

 

Informação adicional pode ser consultada em:

https://moz.com/ugc/10-tips-for-optimizing-your-images-for-search

https://moz.com/blog/image-seo-basics-whiteboard-friday

https://support.google.com/webmasters/answer/114016

 

Meta tags

Meta Tag é um comando implementado no código de páginas web, para passar instruções a programas externos ou ações mais simples. Algumas Meta Tags são utilizadas para passar aos sites de busca como o Google informações sobre o título da página, uma breve descrição da página, quais páginas devem ou não ser indexadas, entre outras. 

As meta tags que o motor de busca google reconhece são:

 

<meta name="description" content="A description of the page" />

Essa tag fornece uma descrição breve da página.

<title>O título da página</title>

Embora não seja tecnicamente uma metatag, essa tag é frequentemente usada com a tag "descrição". O conteúdo desta tag geralmente é exibido como o título nos resultados de pesquisa (e no navegador do utilizador). 

<meta name="robots" content="..., ..." />
<meta name="googlebot" content="..., ..." />

Essas metatags controlam o comportamento do rastreamento e da indexação dos mecanismos de pesquisa. A metatag robots se aplica a todos os mecanismos de pesquisa, enquanto a metatag "googlebot" é específica do Google. 

<meta name="google" content="nositelinkssearchbox" /

Quando os usuários procuram seu site, às vezes os resultados da Pesquisa Google exibem uma caixa de pesquisa de sitelinks para o site. Esta metatag informa o Google para não mostrar a caixa de pesquisa de Sitelinks.

<meta name="google" content="notranslate" /

Essa metatag diz ao Google que não se pretende uma tradução para essa página.

<meta name="google-site-verification" content="..." /

Usa-se na página de nível superior do site para verificar a propriedade do Search Console.

<meta http-equiv="Content-Type" content="...; charset=..." />
<meta charset="..." >

Define o tipo de conteúdo e conjunto de caracteres da página.

<meta http-equiv="refresh" content="...;url=..." />

Esta metatag envia o usuário um novo URL após um determinado período de tempo e, muitas vezes, é usada como uma forma simples de redirecionamento. Porém, nem todos os navegadores oferecem suporte a ela, e isso pode confundir o usuário. O W3C recomenda que ela não seja usada. Recomendamos o uso de um redirecionamento de servidor 301.

 

Importância de Meta Tags para SEO

As Meta Tags, nomeadamente o title e a description têm um peso cada vez menor na ordem da indexação, no entanto são fundamentais para apresentar a página ao utilizador, motivando-o para clicar.